ASA perde em Salgueiro, se complica de vez e Vilar resume:"Pecamos muito"

Jogando na noite deste sábado (12), no Estádio Cornélio de Barros, o Salgueiro aumentou o desespero do ASA com uma vitória por 2 a 0, gols de Jean Carlos e Rodolfo Potiguar. O  'Carcará do Sertão Pernambucano' chegou a 20 pontos e assumiu a quarta colocação.

Com apenas 12 pontos, o Alvinegro arapiraquense segue na lanterna do Grupo A. O destaque positivo do ASA foi o goleiro Carlão, com grandes defesas. Já o volante Nata entrou na etapa final do jogo e foi expulso de campo pouco tempo depois.

No final da partida, o técnico Marcelo Vilar concedeu entrevista coletiva e foi enfático: “Nós não conseguimos, na maioria do jogo, anular a equipe do Salgueiro, nem ser efetivo ofensivamente. Atuação bem abaixo do que a equipe vem jogando”.

Tentando reverter a situação adversa, Vilar fez algumas mudanças, que  não surtiram o efeito esperado. “Hoje realmente foi uma noite infeliz para o time do ASA”, destacou o comandante. “Pecamos muito. Depois da expulsão do Nata a situação piorou ainda mais”, ressaltou em outro trecho da entrevista.

Restam agora quatro jogos, sendo três em Arapiraca e um fora de casa, todos confrontos diretos. Marcelo Vilar destacou que o time está nesta situação por não ter conseguido vencer dentro de casa e emendou afirmando que é preciso buscar os resultados nesses jogos finais para garantir a permanência.

Ficha Técnica

Salgueiro 2 x 0 ASA

Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro (PE))

Árbitro: Rafael Gomes Felix da Silva – SP – Assistentes: Alberto Poletto Masseira - SP e Fabricio Porfirio de Moura – SP

Gols do Salgueiro-PE: Jean Carlos 6 do 1º tempo e Rodolfo Potiguar 38 minutos do 2º tempo

Renda:  R$ 5.632,00   para 1.678 pagantes

Salgueiro-PE: Mondragon; Diego Aragão, Ranieri, Luis Eduardo e Daniel; Rodolfo Potiguar, Toty, Moreilândia (Jailson) e Cássio Ortega (Diogo Peixoto); Álvaro e Jean Carlos (Dadá Belmonte). Técnico: Evandro Guimarães

ASA-AL: Carlão; Everton, Eron, André Lima e Airton; Mazinho (Kanu depois Gaspar), Julian, Leanderson (Nata) e Rafael; Leandro Kível e Juninho.Técnico: Marcelo Vilar

Compartilhar

Comentários