• Politicando
    • 310
      Posts

    Politicando

    O objetivo do blog é analisar a conjuntura política na capital e no interior de Alagoas.

Rodrigo Cunha surge como forte candidato ao Senado Federal em AL

A corrida visando às eleições 2018 começou. Os pré-candidatos já iniciaram a busca por apoio junto aos partidos e com a base aliada. Um nome que surge com força nos bastidores da política é o do deputado estadual Rodrigo Cunha (PSDB) para concorrer a uma das duas vagas destinadas à Alagoas ao Senado Federal.

Uma fonte revelou para o blog Politicando que uma pesquisa extraoficial foi elaborada por um determinado partido político para o Senado Federal dando conta que o deputado estadual Rodrigo Cunha (PSDB) ocupa a terceira colocação. Benedito de Lira e Renan Calheiros praticamente empatado em primeiro lugar. O tucano vem logo atrás, sendo que o jovem parlamentar ainda não declarou ser candidato ao Senado Federal.

Rodrigo Cunha poderá ser a grande surpresa e representar uma terceira opção para aqueles que não queiram votar nem em Renan Calheiros e nem em Biu de Lira, em 2018. O tucano exerce uma forte liderança.

O PSDB está decidido a lançar um nome para disputar uma das duas vagas que Alagoas tem direito. Cunha tem o apoio do prefeito de Maceió, Rui Palmeira, e do prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo. Na capital o deputado estadual teve uma expressiva votação nas eleições 2014.

O fato é que Arapiraca nunca teve representante no Senado Federal. Com isso cresce a possibilidade, nos bastidores da política de Rodrigo Cunha ser o candidato do partido para ser senador.

Para que as peças se encaixem no tabuleiro de xadrez é preciso aguardar as convenções partidárias que serão realizadas em 2018 para que as informações dos bastidores se confirmem. Por enquanto mesmo é mera especulação.

No ninho tucano existe uma corrente que defende o nome de Teo Vilela, ex-governador e ex-senador para disputar uma das duas vagas ao Senado Federal.

Rodrigo Cunha já declarou inúmeras vezes que não deve a cabeça a ninguém. Uma coisa está muito clara nos bastidores da política em Alagoas, o tucano não pretende disputar a reeleição para a Casa de Tavares Bastos.

Neste cenário que o blog Politicando está trazendo, o jovem parlamentar tucano pode mesmo ser a grande surpresa em 2018 e já está incomodando o Clã dos Calheiros.

PMDB

Por outro lado, a disputa interna no PMDB segue a todo vapor. Na semana passada, a direção da legenda em Alagoas emitiu uma nota oficial, sobre o apoio da legenda a candidatura do ministro Marx Beltrão a uma das duas vagas destinadas ao Estado nas eleições para o Senado Federal em 2018.

Informações dos bastidores da política davam como certa a provável dobradinha PMDB e PSDB, do ex-governador Téo Vilela, com o objetivo de caminharem juntos ao senado. Entretanto, isso ficou apenas no papel e no campo das ideias. O mais

Agora está muito claro a intenção do PMDB. Lançar Renan Calheiros e Marx Beltrão juntos para serem eles os dois novos senadores de Alagoas a partir de 2019. Esse modelo de puro sangue do partido garantiu que Renan Filho lograsse êxito nas eleições para o governo do Estado em 2014.

Nota do PMDB

O PMDB não só garante a candidatura do ministro Marx Beltrão, como apoiará sua candidatura a uma das duas vagas ao Senado Federal nas eleições de 2018.

O partido também trabalhará, desde já, a candidatura de Joaquim Beltrão para a Câmara Federal. Marx Beltrão, aliás, em todos os contatos mantidos com a direção peemedebista teve a confirmação deste propósito que fortalecerá mais ainda o PMDB.

Compartilhar

Comentários